quinta-feira, 14 de abril de 2011

Massacre de Realengo, no Rio de Janeiro !!! Bullying

Ja viu aquelas manifestações no Rio de Janeiro, em que um juvem foi assassinado? Onde os familiares e amigos ficam com placas em punho, pela Paz e Justiça? Mas não informam que o jovem financiava o crime e era um viciado que roubava e traficava drogas no seu colegio.

Bom, quanto ao massacre em Realengo RJ, onde 12 crianças foram assassinadas por um jovem vitima de bullying, a grande culpa e da sociedade. Claro que nada junstifica assassinar crianças inocentes, mas um fato a se considerar e que o Bullying tem consequencias, que podem ser mortais. É como um investimento a longo prazo, tiraram sarro do rapaz a anos atrás, mas o resultado se viu somente agora.
Colegas de escola do assassino confirmaram que o mesmo era vitima de bullying pela turma toda. Ao eu ver uma noticia, vi um comentario de uma menina onde a mesma disse: " Eu fui vitima de bullying, so quem é vitima, sabe a dor e a revolta que dá". E a mesma concluiu: " O garoto não tem culpa".

Essa questão deve ser analisada com mais atenção pelas autoridades, para evitar massacres como este. Outro ponto a ser analisado é a seguranças nas escolas, é muito facil um estranho chegar e entrar sem que o mesmo seja percebido, vejo isso na minha faculdade, seguranças e tudo mas o portão aberto e sem controle do pessoal que entra, muitos tem carteirinha mas ha varios alunos sem. Se o colegio tivesse seguranças talvez esse massacre não teria ocorrido.

Pela internet esta circulando os videos do Jovem que matou as crianças, não estou citando seu nome por que não importa, ele ja esta se tornando conhecido, mas esses videos deveriam ser proibidos, existem outros com a mesma mentalidade que ele e isso pode encorajar atitudes problematicas.

Concluindo, as escolas, diretores, professores, principalmente no ensino basico (do pre a oitava série) onde a faixa de idade é de 5 a 18 anos, que comecema fazer uma campanha de combate ao bullying para previnir crimes como este e traumas.

Nenhum comentário: